Sintufejuf realiza XIV Encontro da Consciência Negra | SINTUFEJUF

Sintufejuf realiza XIV Encontro da Consciência Negra

Com o tema “Os impactos do governo Temer para a população negra, o XIV Encontro da Consciência Negra do Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais de Ensino (Sintufejuf) superou as expectativas. Organizado pelo Grupo de Trabalho Antirracismo do Sintufejuf, representado pela coordenadora Eliane Sousa, este ano o evento contou com uma programação diferenciada. Com uma semana de atividades, entre os dias 20 e 24 de novembro, o foram oferecidas palestras, minicursos, roda de conversa, mesas redondas e apresentação cultural com o coletivo vozes da Rua, Slam de Perifa e MC Xuxu.

O Dia Nacional da Consciência Negra é comemorado anualmente no dia 20 de Novembro, em memória à morte de Zumbi dos Palmares. No primeiro dia, estava prevista a participação na Marcha pela Igualdade Racial, com concentração na Escola Municipal Fernando Lobo, de onde os manifestantes partiriam em direção ao Parque Halfeld, no Centro, em frente à Câmara Municipal. No entanto, a caminhada foi cancelada devido à forte de chuva na cidade, e os manifestantes permaneceram na Escola.

Já no restante da semana, as atividades aconteceram na sede administrativa do Sintufejuf. A Professora doutora do Curso de Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora, Elisa Rodrigues e a Coordenadora da Coordenadoria de Experiências Religiosas, Tradicionais Africanas, Afro-brasileira, racismo e intolerâncias religiosas (ERARIR), Mariana Gino participaram da primeira mesa redonda, no dia 21, mediada pela coordenadora do Sintufejuf, Maria Angela Costa. As oradoras debateram sobre “A intolerância contra as religiões de matriz africana”.

Na parte da tarde, aconteceu a Mesa Redonda “O racismo estrutural e o negro no serviço público”, com o coordenador da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação das Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (FASUBRA), Antônio Alves Neto (Toninho) e a ex-dirigente e representante da FASUBRA Sindical no Conselho Nacional de Saúde (CNS) e fundadora do Núcleo de Consciência Negra da Universidade de São Paulo, Jupiara Castro.

Toninho também ministrou o minicurso “O racismo no Brasil” no dia 22 e a palestra “As reformas de Temer e o impacto para a população Negra”, no dia 23, Jupiara Castro participou também das mesas redondas “A condição da mulher negra na sociedade brasileira”, dia 22, juntamente com a professora da UFJF Carolina Bezerra e da roda de conversa “Negras e Negros LGBT e Genocídio da Juventude negra”, com Adenilde Petrina (coletivo Vozes da Rua) e Camile Roberta (Coletivo PretAção), no dia 24.